Conhecida como a golfinho mais triste do mundo, Honey, a golfinho fêmea da espécie “nariz-de-garrafa” que estava desde o começo de 2018 abandonada num aquário fechado, morre, sozinha, depois de mais de uma década em cativeiro.

Fechado desde janeiro de 2018, o aquário Inubosaki Marine Park Aquarium, localizado na província de Chiba, cidade de Choshi, teve que fechar as portas devido a queda de número de visitantes, porém, todos os animais que lá estavam presos foram deixados à deriva, sendo alimentados inicialmente por pessoas que estavam sendo pagas para isso, depois da sua venda no começo de 2019 os animais estavam praticamente largados e mal sendo alimentados.

Ativistas do Japão juntamente com os ativistas do projeto do ativista americano Ric’O’Barry, Dolphin’s Project, tentaram de várias formas comprar a Honey no final de fevereiro, a fim de dar ao menos uma aposentadoria digna e morrer em paz, começaram um abaixo-assinado (que inclusive eu assinei), mas infelizmente não obtiveram sucesso, as negociações terminaram no começo de março deste ano, mas Honey já não aparentava estar bem e no final de março, dia 29, ela veio a falecer.

Honey foi capturada em 2005 na província de Wakayama, em Taiji, onde todos os anos acontece a captura e o massacre de milhares de golfinhos e baleias de pequeno porte.
Honey estava grávida, mas os seus sequestradores não sabiam, depois de uma mudança de lugar e a viagem ter sido estressante para Honey, ela perdeu o bebê.
Passou 15 anos em cativeiro, sozinha, sendo explorada todos os dias pelo egoísmo do ser humano de possuir qualquer coisa que ele quer.

Foi um triste final para um animal que passou a maior parte da sua vida trancada, sozinha, e sem ter contato com outros animais da mesma espécie.
Não pôde parir e nem criar o seu filho, não pôde conviver em família pois lhe foi tirado esse direito, e nem uma morte digna as mesmas pessoas que um dia a compraram com o intuito de lucrar em cima das suas habilidades naturais, deram à ela.

Espero que a sua morte não tenha sido em vão, que esse triste acontecimento ajude as pessoas a terem consciência de que animais NÃO são objetos, animais também possuem sentimentos e como nós, humanos, querem ter o direito de viver em paz.

Descanse em paz, Honey!

Um pequeno vídeo da Honey, filmado em fevereiro de 2020, por um ativista japonês. No vídeo é perceptível o desanimo de Honey e também as feridas em suas costas.

Postagem sobre a Honey em 2018: https://vegananojapao.com.br/honey-golfinho-femea-que-foi-abandonada-em-um-aquario-no-japao
Fonte: Animals Rights Center (página no Facebook)
Fonte2: https://arcj.org/issues/entertainment/zoo/honey-died/
Fonte3: https://www.dolphinproject.com/blog/lonely-dolphin-honey-dies-in-japan/

Deixem os seus sentimentos a Honey 

Translate »